Não deixe o amortecedor desgastar o seu pneu

O amortecedor é fundamental não só para um rodar mais confortável, mas também para a segurança do seu veículo. Por isso, ao passar por lombadas ou buracos, tenha sempre muito cuidado para causar um desgaste excessivo na suspensão, pois isso arrebenta também com a vida útil dos pneus.

Venha entender como cuidar melhor da sua suspensão e quando fazer as manutenções adequadas.

Boa leitura.

Suspensão é sustentação

Todo sistema de suspensão é composto por alguns componentes individualmente importantes, mas que no conjunto formam uma seção fundamental para o desempenho do carro.

Amortecedores, coxins, molas, bielas, batentes e bandejas, trabalham como uma unidade harmônica, por isso o desgaste de alguma dessas peças diminui a vida útil do sistema de suspensão como um todo.

Alinhamento e balanceamento regulares são fundamentais para a vida útil do veículo para não causar um desgaste desigual dos pneus. O mau uso também pode ser extremamente prejudicial, por isso lombadas, ruas esburacadas e terrenos irregulares, devem ser transitados com muito cuidado.

Atente-se também aos sinais, como perda de estabilidade nas curvas, ruídos, derrapagens frequentes, solavancos, trepidações ou perda de atrito com o solo. Veículos usados para trabalho como táxis, aplicativos de mobilidades e entregas, vão sofrer desgaste bem mais rápido devido as condições severas de uso.

Cansaço e baixo desempenho

Testes realizados pela empresa Monroe atestaram que o desgaste nos amortecedores tem relação direta com o cansaço do motorista, com cerca de 26% de elevação confirmados pelos levantamentos da empresa, e esse cansaço pode ser causador de acidentes pois reduz o tempo de resposta ao frear.

Por isso, se você fez alinhamento e check up do sistema de suspensão recentemente, aproveite algumas dicas de uso para prolongar a vida útil dos equipamentos.

Lombadas e valetas

Esqueça aquela técnica de passar de lado por lombadas e valetas, pois isso gera forças laterais que acarretam problemas como folgas excessivas, ruídos, empenamentos e até problemas graves como travamento das peças.

Portanto, passe sempre em linha reta por lombadas e valetas, porém sempre em velocidade bem baixa.

Excesso de carga

Vai viajar e além da capacidade máxima de ocupantes encheu de malas e objetos? Cuidado, excesso de peso também gera tensão desnecessária nos amortecedores e aumenta o desgaste.

Fique atento ao que está escrito no manual do seu carro para não ultrapassar a carga recomendada.

Barro e maresia

Viagens para praia ou para o campo é algo comum na vida da maioria das pessoas, porém sempre fazemos as checagens pré viagem, mas é no pós que a coisa pode ficar feia.

O acúmulo de barro e a ação da maresia nas peças causam corrosão e oxidação das peças do sistema de suspensão.

Por isso, voltando de viagens, faça a limpeza adequada dos componentes.

E quando devo trocar?

Normalmente a cada 10 mil km rodados é preciso fazer uma verificação dos amortecedores e a substituição de fato, a cada 40 mil km rodados. 

Porém, se houver ruídos altos ou mesmo a sensação constante de trepidação, vá ao auto-serviço e efetue a troca para evitar problemas mais graves.

A Stock Auto Service tem um serviço de troca e manutenção de amortecedores para dar alta performance ao seu veículo.

Faça seu pit stop aqui na Stock Auto Service e saia com o carro regulado, motor lubrificado e pronto para rodar macio nas ruas.